Temos algo especial para você e é por tempo limitado.

Para apenas 100 alunos de todo o Brasil

Ou

Já incluso Certificado de Conclusão e Credencial em PVC da
OJAB (Ordem da Justiça Arbitral no Brasil)

My Image
My Image
My Image
My Image
My Image
My Image
My Image
My Image

Ultimas Notícias 

Os projetos sobre mediação e arbitragem, elaborados para desafogar o Judiciário, foram aprovados por unanimidade nesta quarta-feira (11) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). A proposta sobre a mediação, como foi aprovada em forma de substitutivo, deve ser votada em turno suplementar pela comissão. O projeto da arbitragem, aprovado com emendas, deve seguir para a Câmara dos Deputados se não houver recurso para votação em Plenário.

Institucional

A OJAB - Ordem da Justiça Arbitral no Brasil  é uma instituição privada, sem fins lucrativos, denominada  auxiliar da justiça, criada sob a égide da Lei Federal 9.307 de 23 de setembro de 1996, que tem por objetivo administrar conflitos e litígios que lhe forem submetidos, pelo método de mediação conciliação e arbitragem.

Nossa instituição tem como objetivo, propiciar aos vários setores da sociedade, a utilização de uma ferramenta ágil que soluciona, de fato, conflitos, problemas, controvérsias das mais diversas ordens dentro de um prazo bastante curto e rápido, e com a mesma garantia judicial dada pelo Poder Judiciário Estatal.

A OJAB - Ordem da Justiça Arbitral no Brasil tem a finalidade de confirmar e reforçar o sentido de cidadania pela cooperação com o Estado na pacificação dos conflitos de interesses entre os cidadãos. Com uma visão altruística e futurista, esse Tribunal se une àqueles que acreditam ser possível à resolução das controvérsias existentes entre as partes, de uma forma equânime, justa, eficiente e rápida.

A arbitragem é conhecida e utilizada no mundo todo, cuja inspiração provém de todos os Países denominados “primeiro mundo”, que adotaram-na para solução dos conflitos sociais e de rápida e efetiva prestação jurisdicional.

O clima em que é desenvolvida a arbitragem é menos formal e mais flexível do que a justiça comum.

Não há o trauma jurídico e o rigor processual presentes na justiça comum, normalmente as partes voltam a realizar outras negociações, de modo que, não existe a figura do vencedor e do vencido, do ganhador e do perdedor.  O sentimento que há entre as partes é a certeza de que a justiça foi feita e a cidadania praticada.

A Arbitragem contribui no desafogamento do judiciário, consequentemente, proporcionará melhores condições para que o judiciário se dedique aos litígios que envolvam interesse público ou direitos indisponíveis.A OJAB - Ordem dos Juízes Arbitrais do Brasil  é uma instituição privada, sem fins lucrativos, denominada  auxiliar da justiça, criada sob a égide da Lei Federal 9.307 de 23 de setembro de 1996, que tem por objetivo administrar conflitos e litígios que lhe forem submetidos, pelo método de mediação conciliação e arbitragem.
Nossa instituição tem como objetivo, propiciar aos vários setores da sociedade, a utilização de uma ferramenta ágil que soluciona, de fato, conflitos, problemas, controvérsias das mais diversas ordens dentro de um prazo bastante curto e rápido, e com a mesma garantia judicial dada pelo Poder Judiciário Estatal.
A OJAB - Ordem dos Juízes Arbitrais do Brasil tem a finalidade de confirmar e reforçar o sentido de cidadania pela cooperação com o Estado na pacificação dos conflitos de interesses entre os cidadãos. Com uma visão altruística e futurista, esse Tribunal se une àqueles que acreditam ser possível à resolução das controvérsias existentes entre as partes, de uma forma equânime, justa, eficiente e rápida.
A arbitragem é conhecida e utilizada no mundo todo, cuja inspiração provém de todos os Países denominados “primeiro mundo”, que adotaram-na para solução dos conflitos sociais e de rápida e efetiva prestação jurisdicional.
O clima em que é desenvolvida a arbitragem é menos formal e mais flexível do que a justiça comum.
Não há o trauma jurídico e o rigor processual presentes na justiça comum, normalmente as partes voltam a realizar outras negociações, de modo que, não existe a figura do vencedor e do vencido, do ganhador e do perdedor.  O sentimento que há entre as partes é a certeza de que a justiça foi feita e a cidadania praticada.
A Arbitragem contribui no desafogamento do judiciário, consequentemente, proporcionará melhores condições para que o judiciário se dedique aos litígios que envolvam interesse público ou direitos indisponíveis.

Galeria de Fotos

My Image
My Image
My Image

Diploma com  120 horas certificadas

Credencial funcional em PVC, válida em todo território nacional
Filiação GRATUITA  a OJAB por um ano.
​Inclusão do nome no Site da Ordem.

Em apenas 30 dias 

você conclui o seu curso

My Image
My Image

CONTATOS:

PREENCHA O FORMULÁRIO
QUE ENTRAREMOS EM 

CONTATO O MAIS BREVE

Curso Presencial

Nossa Instituição, já formou centenas de Arbitros, Mediadores e Conciliadores em todo Brasil. Temos cursos periódicos presenciais, que são realizados na cidade do Salvador na Bahia.

Veja abaixo a formatura de algumas turmas.

Através do preenchimento desse formulário, você será incluido na lista das novas turmas do ano de 2017.

Você poderá estar entrando em contato também pelo Whatsapp de Atendimento:
(71) 99206-7505 ou 98845-6642

My Image

Especialista explica a reforma da Lei de Arbitragem e Mediação

O NOVO CPC - Mediação, Conciliação e Arbitragem - Suzana Cremasco

ORDEM DA JUSTIÇA ARBITRAL NO BRASIL

Conselho Nacional dos Árbitros em Direito, mediadores e Conciliadores no Brasil

Lei 9.307/1996 - Lei de Arbitragem

AGU Explica - Conciliação, mediação e arbitragem

ORDEM DA JUSTIÇA ARBITRAL NO BRASIL

Conselho Nacional dos Árbitros em Direito, mediadores e Conciliadores no Brasil

.......................